Páginas

Imagem estudio

Imagem estudio

"Minhas criações não são protagonistas. Elas se encaixam em qualquer lugar. Não faço peças extravagantes, daquelas que você precisa montar o ambiente inteiro em função delas. Meu design é direto."

ESTEVÃO TOLEDO

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Cadeira Ipanema palhinha acabamento KOL / Estevao Toledo

Cadeira Flórida - Foto: Flavio Sampaio
Cadeira Flórida - Foto: Flavio Sampaio

Cadeiras Flórida - Foto: Flavio Sampaio
Detalhe encosto cadeira Flórida - Foto: Flavio Sampaio

Detalhe palhinha encosto cadeira Flórida - Foto: Flavio Sampaio

Detalhe assento palhinha Cadeira Flórida - Foto: Flavio Sampaio

Designer Estevão Toledo e Cadeira Flórida - Foto: Flavio Sampaio


Designer Estevão Toledo Cadeira Flórida - Foto: Flavio Sampaio


E uma trilha sonora pra acompanhar ...


segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Beba dessa fonte / Estevao Toledo

Algo Inspirador de fato, é aquilo que nos faz refletir além do que simplismente vemos ou ouvimos.
 Por nossas próprias experiências vividas somos levados por uma espantosa força  inquietante, de forma natural e espontanea a somar, subtrair, multiplicar, dividir ou sei lá mais o que, e a partir d entrarmos numa busca ansiosa para resignificar de forma original o que acabamos de receber, tentando reproduzir e deixar nosso jeito uma outra forma de solução.

 Se você se indentifica com esta sensação, provavelmente você  ostenta uma face bem desenvolvida de criador mesmo, não nos contentamos com a simplicidade( leia se  simplicidade neste caso como algo simplório, pobre, raso, menor) em ficar surrupiando pequenos detalhes e somando a outros detalhes na intensão de se chegar a um todo BELO, isso é  semelhante a ficar "catando milho", pega um pouquinho ali outro a colá até se satisfazer, restringindo cada projeto a o estilo "Frankenstein" do tipo resulta ao estado de espírito momentaneo, acoplado a sorte do que se viu pela frente.
Trabalhar conceito significa acreditar em algo, ter um caminho invisível aos olhos dos outros, mas bem determinado a si próprio.
Desta forma me empenho  em agregar meu trabalho como peça única, ao do olhar daqueles que criam ambientes com alma e singularidade, como também uma boa fonte de inspiração para aqueles que procuram escrever suas próprias histórias.  
Aqui a antropofagia é liberada, conceitualmente falando é claro!!

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Buscando saídas para nossa molhada Cidade de São Paulo / Estêvão Toledo


Carro carregado, agora é levar a peça bruta e botar pra quebrar na marcenaria... Só que não... 
Em tempos de chuva, aparecem como "água" esta matéria prima de primeiríssima, cara, nobre  e jogada pelas ruas atrapalhando a vida de todos nós.
Alô, Alô Governantes e ongs deste pais, será q não daria para transformar esta crise das árvores em desencanto em uma fabulosa oportunidade, gerando empregos, conhecimento, função, transformação, arte, design e beleza para a nossa sociedade? Já imaginou os bancos, mesas, brinquedos de crianças, esculturas ou qualquer outro tipo de mobiliário urbano que uma árvore como esta proporcionaria? 
 Ou será que é precisa de propina para realizar algo tão obvio funcionar?!?!?!?!


segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

O Santo e o Profano, nos feudos de um designer criador / Estêvão Toledo



Como designer de produto deveria ter como principal objetivo o produto industrializado, mas existe uma energia irresistível que me puxa ao produto artesanal, contrariando alguns antigos conceitos grosseiramente eleborados, de que a presença de Deus estava nos trabalhos intelectuais, enquanto que os trabalhos manuais tendiam para um lado menor, profano, de pobre espiritualidade e por consequência de menor valor. Acho esta tipo de pensamento deveras repugnante, a qualidade de um trabalho depende de todo o envolvimento e e qualidade em todas as etapas do projeto. 

Particularmente para mim, muito pelo contrário do que se diziam alguns dos antigos pensadores, o trabalho artesanal de qualidade está repleto de algo superior, nos enche a alma os olhos e o coração, de uma forma tão delicada, sincera e singela de nos ligar a faceta de um Deus Criador, Aquele que gera beleza de forma equilibrada, plástica e concreta. 
Acho que este filme nos exemplifica do espírito artista, que existe peculiarmente na faceta daqueles que se arriscam em produzir algo belo, e que por muitas vezes este belo vai muito além do produto final, mas compreende também seu desenvolvimento.
   


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...